sexta-feira, 22 de maio de 2009

A HISTÓRIA DO FORRÓ – O RITMO, A DANÇA, A MÚSICA

Forró é uma festa popular brasileira, de origem nordestina e é a dança praticada nestas festas, conhecida também por arrasta-pé, bate-chinela, fobó, forrobodó. No forró, vários ritmos musicais daquela região, como baião, há quadrilha, o xaxado e o xote, são tocados, tradicionalmente, por trios, compostos de um sanfoneiro (tocador de acordeão -- que no forró é tradicionalmente a sanfona de oito baixos), um zabumbeiro e um tocador de triângulo.

O forró possui semelhanças com o toré e o arrastar dos pés dos índios, com os ritmos binários portugueses e holandeses e com o balançar dos quadris dos africanos. A dança do forró tem influência direta das danças de salão européias.

Conhecido e praticado em todo o Brasil, o forró é especialmente popular nas cidades brasileiras de Campina Grande, Caruaru, Arcoverde, Mossoró, e Juazeiro do Norte, onde é símbolo da Festa de São João, e nas capitais Aracaju, Fortaleza, João Pessoa, Natal, Maceió, Recife, São Luís e Teresina onde são promovidas grandes festas.

A história do forró começou com o estilo xaxado, (por causa dos pés – a pisada), dança esta, que era coreografada individualmente, em 1920, no sertão pernambucano. Dizem que o bando de cangaceiros de Lampião foi quem levou o xaxado para outras regiões do nordeste, inclusive nos bailes do candeeiro ou o baile do fole, como era chamado carinhosamente a safona.

Há a versão mais popular de sua origem, é que o nome forró significa For All (Para Todos): a de que o nome viria dos dizeres For All (em inglês para todos). A frase vinha escrita nas portas dos bailes promovidos pelos ingleses em Pernambuco, no início do século, quando eles vieram para cá construir ferrovias. Se a placa estivesse lá era sinal de que todos podiam entrar na festa, regada a ritmos dançantes que prenunciavam o forró de hoje, essa era a versão defendida por Luiz gonzaga. Nestes bailes tocavam todos os tipos de música e também o ritmo precursor do forró atual. A segunda versão é dada pelo historiador e pesquisador da cultura popular Luís da Câmara Cascudo, que diz que a origem é o termo africano "forrobodó", que significaria festa, bagunça. Em alguns povoados pequenos do país (como na Ilha Grande- RJ ou na Ilha do Mel- PR) forró significa bailão popular ou arrasta pé, onde se dança de tudo. TUDO COMEÇOU “COM DOIS PRÁ LÁ, DOIS PRÁ CÁ – Em 1940, o velho LUA (LUIS GONZAGA), começou a tocar safona em São Paulo, onde criou sua primeira música de forró, com o título: o “baião”, e ficou conhecido como o REI DO BAIÃO, estilo novo de dança, dançado a dois: “dois pra lá, dois pra cá”, a música era tocada com uma safona, um zabumba e um triângulo. Em 1941, Luís Gonzaga começou a tocar em bailes, bares e festas, onde o ritmo recebeu o nome carinhosamente de Xote, nome que veio da Europa, com seu primeiro sucesso Chamego, o estilo do forró foi batizo com esse nome por causa dos pés dos dançarinos, por isso o ritmo é xoteado, com uma frase singular chiado da chinela. Para comemorar o dia de São João no interior de Pernambuco, foi feita várias músicas de origem do forró, que aí se denominou a dança da quadrilha, onde se espalhou pelo nordeste, em outros estados: Paraíba, Alagoas, Sergipe, Ceará, Rio Grande do Norte até chegar à Bahia. Em 1980 o ritmo mudou de nome, saindo do xote para o coladinho, denominado na Paraíba, com a mesma música, logo em seguida veio à denominação “pé de serra”, mais tarde outra denominação o “arrasta-pé”. Em 1990 o forró tomou outro estilo de música e dança, saindo dos instrumentos: safona, zabumba e triângulo para o forró eletrônico (guitarra, baixo e teclado), criando nova denominação o “forró bate-coxa”. Temos que abrir um parêntese para os cantores Jackson do Pandeiro que incluiu a dança e a música do côco no forró, Anastácia, Alceu Valença e o músico Dominguinhos que difundiu o forró em todo o Brasil, logo em seguida veio o cantor Genival Lacerda que foi o precursor do “forró malícia”. Começaram então as ramificações do forró com os estilos: lambaforró e o oxentmusic, com a participação de compositores cearenses, como Rita de Cássia, Redondo e a Banda Aquariús (Fortaleza), criada em 1985. A banda Mastruz com Leite foi criada em novembro de 1990, para abrir o shows de uma outra banda(Banda Aquarius), que já fazia sucesso em Fortaleza, no Estado do Ceará, Mastruz com Leite, por ironia do destino, superou o sucesso de Banda Aquarius e conseguiu se tornar a mais conhecida banda de forró do Brasil. Outras bandas surgem também como Magníficos, Capital do Sol, Brucelose, Limão Com Mel e Banda Styllus.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Nenhum comentário: