quinta-feira, 11 de junho de 2009

Cidade de Patos começa a respirar forró

Há menos de duas semanas para início do maior evento junino do Sertão paraibano, o São João de Patos, uma das maiores referências para forrozeiros que vivem intensamente a tradição de celebrar, de maneira bastante particular, os santos do mês de junho (Antônio João e Pedro), a cidade de Patos já vive a grande expectativa desse acontecimento cultural.

O Terreiro do Forró, circuito da festa, já vem recebendo toda a infraestrutura de palcos, camarotes, sítio junino, delimitações de barracas. A ornamentação do local deve ser concluída até o dia 16. Uma equipe da Secretaria Municipal de Infraestrutura fará todas as melhorias no piso, estacionamento, destinado aos veículos que transportam bandas e pessoal da produção, parte elétrica e hidráulica.

No comércio as lojas já entraram no clima, ornamentadas a caráter e tocando forró dia inteiro. O momento é bastante oportuno para os trios de forró pé de serra, contratados para animar e atrair consumidores. Empresas, bancos e repartições públicas já agendam seu tradicional café da manhã, um aperitivo a mais na programação do São João de Patos, que acontece de 19 a 27 deste mês.

Uma das principais atrações a subir no palco no São João de Patos 2009 será a Sanfônica, uma idéia trazida de Campina Grande pelo ex-gerente de Cultura Mário Soares (já falecido) e que no governo Nabor Wanderley ganhou merecido espaço para divulgar o talento dos instrumentistas (acordeonistas) das Espinharas. “A Sânfônica reverencia os maiores nomes do forró tradicional em sua apresentação e é hoje grande orgulho para nós patoenses”, enfatizou Nabor Wanderley, que implantou ao longo de sua administração a Escola de Música, dando oportunidade a muitas crianças e jovens despertar para sua habilidade em música.de Olha pro céu (Gonzagão e José Fernandes) na voz de Pinto do Acordeon, numa abertura que ainda terá Aécio Flávio, Gê Maria, Sanfônica e Mastruz com Leite.

Nenhum comentário: