domingo, 2 de maio de 2010

Posse dos Conselheiros Eleitos da cidade de São José de Espinharas

O Conselho Tutelar é um órgão inovador na sociedade brasileira, com a missão de zelar pelo cumprimento dos direitos da criança e do adolescente e o potencial de contribuir para mudanças profundas no atendimento à infância e adolescência, é regido pelo Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA. A eleição para conselheiros tutelares do município de São José de Espinharas – PB, aconteceu no último dia 18 de Abril de 2010, tendo como resultado a seguinte composição para a Gestão 2010 – 2013: Luzinaldo Rodrigues da Silva, Bivar de Sousa Araújo Filho, Aflânio Nóbrega e Souza, Maria do Socorro Nascimento da Silva, Viviany Dallanna Rodrigues de Araújo. O Processo de escolha dos conselheiros tutelares foi conduzido pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente que tem como presidente a atual Secretária Municipal de Assistência Social, Célia Sulpino, todo o processo eleitoral correu sob a orientação do Ministério Público e não houve nenhuma intercorrência. No dia 01 primeiro de Maio de 2010 ás 08:30h ocorreu a posse dos conselheiros eleitos na sede da Prefeitura Municipal, com a presença do Prefeito Municipal Ricardo Vilar Wanderley Nóbrega, os Secretários Municipais: Célia Sulpino e Ronaldo, Ricardo Vilar, representantes da Câmara Municipal, os vereadores: Eliane, João Lúcio, Salomão e Neto, dentre outros convidados, foi iniciada a cerimônia de posse com a fala das autoridades que ressaltaram a importância desse serviço para a Proteção Integral das Crianças e Adolescentes do nosso município, logo após foi feito o juramento pela Conselheira eleita Maria do Socorro, a qual representou os demais, ao término o Prefeito Municipal Ricardo Wanderley, juntamente com a Presidente do CMDCA Célia Sulpino fizeram a diplomação e empossaram os cinco novos conselheiros municipais (Luzinaldo, Bivar, Aflânio, Socorro e Vivianny), que durante os próximos três anos terão á árdua missão de proteger as nossas crianças, ou seja, deverãoo executar com zelo as atribuições que lhe foram confiadas pelo Estatuto da Criança e do Adolescente.
Fonte:Secretaria Célia Sulpino

Nenhum comentário: