sábado, 2 de outubro de 2010

Governo autoriza pavimentação de rodovias para São José do Bonfim e São José de Espinharas

Governo autoriza pavimentação de mais duas rodovias no Estado. Estão sendo executados serviços em 21 trechos, beneficiando mais de 30 municípios.

São José de Espinharas(PB) - Uma equipe de secretários do Governo do Estado esteve na tarde desta quarta-feira(29Setembro2010) em duas cidades do Sertão da Paraíba para a assinatura de Ordens de Serviço para pavimentação das rodovias PB-276, ligando Mãe d’Água a São José do Bomfim, e a PB-257, que faz a ligação entre Patos e São José de Espinharas, na região polarizada por Patos.




Em Mãe d’Água, o documento foi assinado pelos secretários Inaldo Leitão(Casa Civil), Francisco Sarmento(Recursos Hídricos), Roberto Gadelha(Infraestrutura), Gilson Frade(Suplan) e Sólon Diniz(DER), além do prefeito, Péricles Viana de Oliveira Júnior, e da vereadora Josefa Lopes, presidente da Câmara Municipal.





Numa rápida solenidade, realizada ao lado da igreja matriz da cidade, o secretário Inaldo Leitão falou da importância da obra, afirmando que a execução é imediata, inclusive com máquinas que começaram a trabalhar nesta quinta-feira(30Setembro2010).


Ele ressaltou que a pavimentação da rodovia trará mais conforto, segurança e a certeza do desenvolvimento econômico do município, principalmente da região, pois os habitantes de Mãe d’Água terão melhores condições de deslocamento para Patos e outras cidades.

Com uma extensão de 20 km a estrada está classificada como rodovia coletora, ligando aquele município a São José do Bonfim, beneficiando uma população de aproximadamente 7.500 habitantes com um fluxo diário de cerca de 160 veículos, entre automóveis, camionetas, ônibus, caminhões e motos.

Conclusão prevista para dezembro
A obra orçada em mais de R$ 10.2 milhões está com a conclusão prevista para dezembro do próximo ano. Ronaldo Almeida Cordeiro, funcionário do Samu de Patos, mas residente em Mãe d’Água disse que a pavimentação da rodovia é um sonho que a população reivindica a vários anos. “Sou testemunha do sofrimento dos moradores daqui, porque viajo quase que todos os dias para Patos e sei o prejuízo que tenho com a minha moto”, pontuou. Já o prefeito Péricles Viana Júnior falou da importância da obra para a região, acreditando que desta vez a obra vai sair.

Recursos da Corporação Andina de Fomento e Tesouro Estadual
Na entrada da cidade de São José de Espinharas, houve a assinatura da Ordem de Serviço onde, além dos secretários assinaram o documento o padre Erivaldo Alves como testemunha; Jailson Lopes, como representante do prefeito Ricardo Wanderley; procurador adjunto do Estado, Ariano Wanderley e Arnaldo Delgado, representante da construtora.

A obra da PB-275 com extensão de 21,7 km está orçada em R$ 11.8 milhões com conclusão prevista para dezembro do próximo ano. As duas rodovias serão executadas com recursos do Tesouro Estadual e da Corporação Andina de Fomento(CAF), sob a responsabilidade da Secretaria de Infraestrutura e o Departamento de Estradas de Rodagem.




Programa ‘Caminhos da Reconstrução
Os serviços fazem parte do Programa ‘Caminhos da Reconstrução’, que compreende a pavimentação e restauração de 1.018 quilômetros de rodovias sendo realizado com recursos da Corporação Andina de Fomento(CAF) e do Governo do Estado. No total, serão gastos U$$ 154,6 milhões. O Governo do Estado está executando serviços em 21 trechos beneficiando mais de 30 municípios com a pavimentação, representando 238 quilômetros de rodovias.



Os principais objetivos das obras são promover o desenvolvimento social e econômico da região; gerar emprego e renda, bem como melhorar a qualidade de vida da população local. Há uma orientação do Governo do Estado para que as empresas responsáveis pelas obras das rodovias contratem mão de obra da região onde estão sendo realizados os trabalhos.
Fonte:Obeabadosertão

Um comentário:

Jordânya Cd´s disse...

Uma correção a fazer, o nome do secretário de Infraestrutura é Dr. Renato Gadelha.