terça-feira, 7 de junho de 2011

Acendendo a Fogueira XI até o dia raiar


O município de São José de Espinharas abriu os festejos juninos no Sertão paraibano na noite desta sexta-feira 03 com mais uma edição do Acendendo a Fogueira (XI), que reúne forrozeiros de diversas localidades em busca de diversão com segurança. Por falar em segurança, as polícias Civil, Militar, Corpo de Bombeiros, garantem a tranquilidade do evento, que homenageia os santos juninos, sendo uma das principais datas do calendário cultural local.

O prefeito Ricardo Wanderley felicitou e agradeceu a presença do público. Falou da satisfação e do esforço de seu governo em realizar o Acendendo a Fogueira, que recebe importante apoio do Ministério do Turismo, sem o qual dificilmente o povo poderia expressar sua reverência aos santos maiores da cultura nordestina, graças a emenda parlamentar do deputado, hoje senador Vitalzinho. Ricardo enfatizou que enquanto os adversários políticos perdem tempo em criticar seu governo, ele e sua equipe administrativa segue trabalhando pelo desenvolvimento local, na valorização das tradições culturais.

Na primeira noite se apresentaram em praça pública Pinto do Acordeon, Amigos Sertanejos e Capilé, para um público bastante animado. Na noite deste sábado, segunda noite do Acendendo a Fogueira, a festa contou com a presença do vice-governador Rômulo Gouveia, que veio prestigiar o São João de São José de Espinharas. Enquanto as bandas Arreio de Ouro, Tom Oliveira e Luan & Forró Estilizado animavam o grande público, a Secretaria Municipal de Saúde realizava trabalho educativo na prevenção de DST/Aids, orientando e distribuindo preservativos. A Vigilância Sanitária também teve a preocupação, não apenas fiscalizar a qualidade dos alimentos comercializados ao longo da festa, mas também de levar as formas corretas de manipulação e conservação destes, distribuiu tocas, aventais e luvas com os comerciantes.

Quem participa das festividades juninas de São José também conhecem a cultura local e regional, através dos grupos de danças do Peti, do Grupo da 3ª Idade, do Projovem Adolescente da Fazenda Flores e da zona urbana, além de alunos da Escola Titico Gomes, bem como das cidades de Santa Terezinha e Teixeira, uma forma encontrada pela gestão Ricardo Wanderley de promover a inclusão social e o intercâmbio cultural com a região, algo aprovado pelo público.

O Grupo da 3ª Idade ganhou muitos aplausos pela apresentação de criança, sob orientação do casal de professores de dança Xavier e Elvina. O exemplo vindo de idosos, que buscam seu lugar na sociedade, de interagir com o público e despertar para sua capacidade de contribuir para a elevação da autoestima dos mais jovens, emocionou os expectadores.

O Peti com seu reizado e Pout porri; quadrilha junina (Teixeira); xaxado de Santa Terezinha; Projovem da Fazenda Flores e da cidade (pout porri junino), Quadrilha junina da Creche Gabriela Wanderley além de várias outras manifestações culturais marcam o São João de São José de Espinharas. Numa ação conjunta envolvendo as secretaria de Educação, Assistência Social proporcionando a inclusão social de tantos jovens através da cultura, algo importante e bastante lembrado em seus pronunciamentos pelo prefeito Ricardo Wanderley.

Luciana Wanderley, Primeira Dama do município disse que o intenso trabalho para realizar o evento junino tem sido bastante compensador pela alegria, tranquilidade e participação espetacular do povo, principalmente dos inseridos em programas sociais, que aproveitam a oportunidade para aprender e mostrar sua capacidade realizadora ao grande público. Ela ainda falou da importância em trabalhar em equipe, contando sempre com o apoio das secretarias e da assessoria de comunicação para a realização deste importante evento.

A programação deste sábado foi aplaudida por todos que permaneceram até o amanhecer do dia dançando ao som tradicional de Tom Oliveira, fato este que levou o prefeito Ricardo Wanderley externar de forma muito emotiva o sentimento de gratidão e satisfação por ver a quadra de dança repleta de forrozeiros, sendo considerado por muitos, como o maior São João de todos os tempos em São José de Espinharas.
Fonte: Glauber

Nenhum comentário: