quarta-feira, 4 de abril de 2012

Reajuste salarial dos professores provoca polêmica em São José de Espinharas

Depois de inúmeras cobranças do poder legislativo municipal, mais especialmente dos vereadores de oposição, o prefeito Ricardo Wanderley enviou a câmara, o projeto que reajustava o piso salarial dos profissionais do magistério publico do município de São José de Espinharas. 

Se não bastasse o atraso no envio da matéria que deveria ter reajustado o salario da categoria desde janeiro, o projeto chegou cheio de surpresas e pegadinhas tentando reduzir os vencimentos de grande parte dos professores ao mudar a forma de progressão do plano de carreira dos profissionais, o que ocasionou uma forte reação por parte dos vereadores presentes liderados pelo vereador Paulo de Camilo e estendeu-se aos docentes que imediatamente convocaram uma reunião com a secretária Flavia Medeiros, sindicato dos trabalhadores (Sinfemp) na pessoa de Zé Gonsalves, os vereadores Paulo Camilo e Salomão Gomes e os assessores jurídicos da prefeitura e do Sindicato. 


Durante a reunião aconteceram vários embates, inclusive o repúdio da categoria ao projeto de pegadinhas proposto aos professores pelo prefeito. 

Os professores comunicaram o desafeto aos vereadores que compõem a câmara e convocaram para amanhã, ultimo dia permitido pela legislação eleitoral, para que seja votado o projeto com a emenda supressiva que atenda os anseios da categoria. 

Por tanto convidamos, a sociedade civil para se fazer presente hoje as 16:00 horas na câmara municipal para acompanhar a votação desta matéria. 

“O prefeito quer mesmo fazer os professores jejuarem na semana santa”

Nota
A secretária Flavia Medeiros mandou uma nota a equipe do blog explicando que a reunião de ontem foi convocada por ela mesmo...

Fonte da Imagem: Blog Estúdio Aberto de Cláudio Paschoal 
Fonte:Redação

Nenhum comentário: