quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Mais de 22 cidades da Paraíba ficam com candidatura única para prefeito inclusive São José de Espinharas


 A impugnação de candidaturas consideradas irregulares pela Justiça Eleitoral poderá deixar mais de 178,5 mil eleitores paraibanos sem opção de escolha para o voto em 7 de outubro.

Isso porque 22 cidades do Estado estão com 'candidato único' na disputa ao cargo de prefeito devido aos indeferimentos de registros. Os impugnados ainda podem recorrer ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para reverter a decisão e voltar ao páreo.

Se as impugnações forem mantidas após o julgamento dos recursos, a Paraíba terá ao todo 27 cidades com apenas um candidato a prefeito, somando-se a outros cinco municípios onde só um candidato se inscreveu para o pleito. É o caso de Aguiar, Camalaú, Curral Velho, Poço Dantas e São Domingos de Pombal. Este total representa 12,1% dos 223 municípios do Estado, ampliando para 195,5 mil eleitores sem opção de voto. A Paraíba tem mais de 2,6 milhões de eleitores.

Ficaram com apenas um registro de candidatura a prefeito os municípios de Areia de Baraúnas, Barra de São Miguel, Bom Jesus, Bonito de Santa Fé, Cabedelo, Cacimba de Areia, Coremas, Damião, Juazeirinho, Marizópolis, Massaranduba, Mulungu, Pedra Branca, Pilar, Pombal, Riachão do Poço, Santana de Mangueira, Santana dos Garrotes, São José de Espinharas, Serraria, Triunfo e Uiraúna. Os dados estão disponíveis no sistema DivulgaCand, da Justiça Eleitoral.

Todos os candidatos a prefeito que tiveram candidatura impugnada podem continuar fazendo campanha eleitoral até que o recurso seja julgado definitivamente pelo TRE-PB e até lá permanecem com o nome, número e foto constando na urna eletrônica. Entretanto, os votos atribuídos a eles só serão validados se o recurso for acatado pela Justiça Eleitoral e o registro de candidatura for deferido.

Nenhum comentário: