terça-feira, 30 de outubro de 2012

“Os prefeitos estão mentindo sobre o FPM e FUNDEB” diz presidente do SINFEMP

José Gonsalves
O Presidente do SINFEMP- Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Patos e Região, José Gonçalves afirmou que os recursos do FPM e do FUNDEB aumentaram substancialmente nos municípios, citando exemplos de cidades em que os servidores estão com salários atrasados.

Em São José de Espinharas, a Prefeitura recebeu em setembro o valor de R$ 586.965,56 e em outubro o valor de R$ 677.953,77. Em Malta no mês de setembro foi recebido R$ 580.822,37 e em outubro o valor de R$ 671.920,02. Condado, recebeu em setembro o valor de R$ 610.715,77 e em outubro R$ 708.231,07. Olho D’água recebeu em setembro o valor de R$ 649.748,58 e em outubro R$ 755.683,70. Catingueira recebeu em setembro R$ 570.323,72 e em outubro R$ 656.838,60. Todos esses municípios os servidores estão com seus salários atrasados.

Em Patos, foi recebido R$ 3.107.017,20 em setembro e em outubro R$ 3.816.447,70. Areia de Baraúnas, R$ 532.979, 69 em setembro e R$ 607.733,50 em outubro. Cacimba de Areia recebeu R$ 548.557,63 em setembro e R$ 628.461,61 em outubro. Emas recebeu R$ 556.228,52 em setembro e R$ 638.300,03 em outubro. Junco do Seridó recebeu R$ 630.214,50 em setembro e R$ 742.034,58 em outubro. Mãe D’água recebeu R$ 578.177,00 em setembro e R$ 664.761,40 em outubro. Passagem recebeu R$ 546.264,96 em setembro e R$ 628.479,64 em outubro. Quixaba recebeu R$ 554.470,25 em setembro e R$ 627.966,12 em outubro. Salgadinho recebeu R$ 579.546,96 em setembro e R$ 627.966,12 em outubro. Santa Teresinha recebeu R$ 601.154,37 em setembro e R$ 697.438,32 em outubro. Santa Luzia recebeu em setembro R$ 1.036.489,32 e R$ 1.204.944,08 em outubro. São José do Bonfim recebeu R$ 503.400,53 em setembro e R$ 578.652,74 em outubro. São José do Sabugi recebeu em setembro R$ 563.406,46 e R$ 648.111,16 em outubro. São Mamede recebeu em setembro, R$ 624.330,60 e R$ 735.777,67 em outubro. Várzea recebeu em setembro R$ 549.183,57 e R$ 630.714,64 em outubro. Vista Serrana recebeu em setembro R$ 546.342,89 em setembro e R$ 626.001,47 em outubro.

Diante desse quadro de recebimento nenhum gestor municipal pode argumentar que os recursos foram reduzidos, o problema é que muitos não cumprem com suas obrigações especialmente junto ao repasse da Previdência Social e os recursos são retidos pelo governo federal como única forma de receber e não prejudicar os servidores em futuras aposentadorias e em acidentes de trabalho, quando esses precisarem.

Gonçalves afirmou que o que falta é uma fiscalização mais rigorosa do Tribunal de Contas do Estado e uma ação enérgica da justiça em bloquear os recursos das prefeituras que ainda insistem em não pagar em dia os salários dos servidores municipais.

“Os prefeitos estão mentindo sobre o FPM e o FUNDEB. Ao contrário do que eles dizem, os recursos aumentaram. Eles acham que o povo não tem acesso a informação e tratam a todos como se estivéssemos vivendo no século passado”, disse Zé Gonçalves.



ASCOM

Nenhum comentário: