quarta-feira, 5 de junho de 2013

Serviços de Fonoaudiologia em São José de Espinharas

Dr ª Jullianne Fonoaudiologia
A prefeitura municipal de São José de Espinharas, através da secretaria de saúde, informa que o município já dispõe dos serviços de Fonoaudiologia e que o atendimento está sendo feito nas segundas e terças-feiras, sempre com hora marcada. As consultas podem ser marcadas diretamente na secretaria de saúde, em horário comercial.
Atualmente estão em acompanhamento crianças com problemas na fala, com gagueira, portadores de paralisia cerebral, autismo, sequelas de (Acidente Vascular Encefálico) AVE, reabilitação auditiva e da fala após cirurgia de implante coclear.
O que é Fonoaudiologia?
É a ciência que tem como objeto de estudo a comunicação humana, no que se refere ao seu desenvolvimento, aperfeiçoamento, distúrbios e diferenças, em relação aos aspectos envolvidos na função auditiva periférica e central, na função vestibular, na função cognitiva, na linguagem oral e escrita, na fala, na fluência, na voz, nas funções orofaciais e na deglutição.


As áreas de atuação desta especialidade são:
Audiologia

Realiza diagnostico, prognostico e estabelece tratamentos ou auxilia no estabelecimento de conduta de outros profissionais da área da saúde tais como pediatra, otorrinolaringologista, neurologistas, neurocirurgiões, geriatras, clínicos gerais entre outros. Também seleciona e adapta aparelhos auditivos.
O trabalho preventivo na área da audição ocorre após o nascimento do bebê, ao realizar o exame para detectar precocemente a perda auditiva, mais conhecido como o TESTE DA ORELHINHA que já é obrigatório na maioria das maternidades do país. Outros fatores como infecções, traumatismo craniano, meningites, otites de repetição entre outros podem ocasionar a perda auditiva durante o desenvolvimento infantil e na fase adulta. Nos casos em que a perda auditiva foi diagnosticada o tratamento passa a ser com o médico otorrinolaringologista com a indicação de prótese auditiva ou a cirurgia de implante coclear e com o fonoaudiólogo que irá realizar a reabilitação do paciente.
Linguagem

Investiga aspectos relacionados ao processo de aquisição e desenvolvimento da linguagem, principalmente em bebês que nasceram com anomalias, síndromes genéticas, problemas na gestação e no parto e problemas neurológicos na primeira infância. Na fase adulta também existe alterações na linguagem que podem surgir em consequência de AVE (acidente vascular encefálico), traumas cranioencefálicos, isquemia cerebral, doenças degenerativas do sistema nervoso central (esclerose múltipla, doença de Alzheimer, doença de PARKISON, etc.) tumores intracranianos, sequelas de neurocirurgia e outras condições clínicas, necessitando do tratamento fonoaudiológico para reabilitar a fala.
Algumas crianças apresentam problemas na fala que podem ser retardo ou dificuldade nas emissões das primeiras palavras (demora em falar e expressar-se); deficiência na formação de frases (fala frases de forma incompleta ou mal conseguem termina-las); omissões e acréscimos de sons na fala (pula palavras ou frases inteiras); trocas de fonemas (trocas de letras); gagueira; entre outros, que poderá prejudicar a aprendizagem da criança e afetar a sua alfabetização e a aquisição da leitura e da escrita.
Motricidade Orofacial

Atua no processo de equilíbrio da musculatura da face, da boca e da língua, com o objetivo de corrigir problemas relacionados com a sucção, mastigação, deglutição, respiração e articulação para a fala.
O trabalho nesta área com crianças e adolescentes esta direcionado para o tratamento ortodôntico, onde se posiciona corretamente a língua e adequam a mastigação, deglutição e respiração e acompanhamento de crianças especiais (síndrome de dorwn, hipotonia muscular, paralisia cerebral, entre outros) e crianças que apresentam dificuldade em sugar o seio materno nos primeiros meses de vida. Em pacientes adultos o tratamento é direcionado para a deglutição em consequência de problemas neurológicos, traumas cranioencefálico, acidente vascular encefálico, e outras patologias que interferem na funcionalidade correta da musculatura orofacial.
Voz

Atua na prevenção e orientação de problemas vocais em professores e profissionais da voz (cantores, radialistas, locutores, etc.). E na reabilitação de pessoas que apresentam problemas de voz como rouquidão, nódulos, cistos e paralisia de pregas vocais, pessoas que se submeteram a retirada de parte da laringe, língua, lábio, gengiva em consequência do câncer.
ATENÇÃO: Se você apresenta algum sintoma como rouquidão que persiste por mais de 15 dias, sensação de um “bolo” na garganta, ardência, dor ao deglutir, faz uso de cigarro ou de outros fumos, de bebidas alcoólicas, procure urgentemente o médico e o fonoaudiólogo.
SE VOCÊ CONHECE ALGUÉM QUE APRESENTE ALGUM PROBLEMA QUE NECESSITE DE TRATAMENTO FONOAUDIOLÓGICO, É SÓ INFORME QUE O MUNICÍPIO TEM ESTE SERVIÇO!!!!
JULLIANNE BARBOSA DA SILVA
FONOAUDIÓLOGA CRFª- 4ª-9234
Fonte: Decom

Nenhum comentário: