sexta-feira, 4 de abril de 2014

Prefeituras paraibanas vão receber R$ 48 milhões extra

As 223 prefeituras da Paraíba devem receber,até o próximo dia 10, do governo federal, R$ 48,4 milhões, referentes à segunda cota do auxílio financeiro aos municípios, revela a Federação dos Municípios do Estado da Paraíba (Famup).

A primeira cota foi repassada em setembro do ano passado. No total, as transferências vão chegar a R$ 1 bilhão para os municípios brasileiros, conforme ficou acordado na Marcha dos Prefeitos a Brasília em 2013.

Para o novo presidente Famup, Antonio Vasconcelos da Costa, mais conhecido como Tota Guedes, o repasse extra é um paliativo e não compensa as perdas do FPM no ano passado.

Ele adiantou que a reivindicação do movimento municipalista é o aumento de 2% do FPM.

Do montante de R$ 48,4 milhões, a maior fatia ficará com a capital João Pessoa, comandada pelo prefeito Luciano Cartaxo.

O município ‘embolsará’ mais de R$ 6,3 milhões, seguida por Campina Grande, do prefeito Romero Rodrigues, com quase R$ 1,6 milhão. Por sua vez, a prefeitura de Santa Rita, vai receber de repasse extra recursos, na ordem de R$ 779 mil.

Para a prefeitura de Patos, administrada por Francisca Motta, o governo federal vai transferir, em abril, a “fundo pedido”, R$ 692 mil, enquanto o município de Bayeux, de Expedito Pereira, receberá R$ 649 mil e o prefeito de Sousa, André Gadelha, R$ 519 mil, mesmo valor que Leto Viana (Cabedelo) perceberá. Já os prefeitos Zenóbio Toscano (Guarabira), e Denise Araújo (Cajazeiras) vão embolsar valores idênticos: R$ 476 mil.

FATIA MENOR

Por seu turno, as 136 menores cidades da Paraíba, enquadradas no coeficiente 0.6 do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), vão receber auxílio extra de R$ 129 mil.

Nesse grupo, estão Pedra Branca, Boa Vista, Aparecida, Baía da Traição, Cabaceiras, Cachoeiras dos Índios, Cubati, Cuité de Mamanguape, Riachão, Prata e Serra da Raiz, entre outros.



 Jornal da Paraíba

Nenhum comentário: